Aprenda a cuidar do cão velhinho

20/02/2014

Para ajudar o cão idoso a lidar com as dores e dificuldades da idade, o Clube de Cãompo Hotel Fazenda Para Cães tem uma lista de dicas sobre quando e como agir

 

Você sabe quando um cão se torna idoso? A resposta depende bastante da raça e do porte físico do animal, mas varia de 08 a 11 anos. O cão idoso apresenta os sinais do tempo assim como no humanos – e nunca sabemos quando vão chegar, mas aparecem cedo ou tarde.

Se o bicho de estimação não escuta nem enxerga bem, ou não está disposto a se exercitar e não vê a hora de descansar, isso pode indicar necessidade de adequações. A maioria dos donos se preocupa apenas com a alimentação e rações especiais para essa faixa etária, que suprem as necessidades nutricionais. 

Se a saúde canina piorar, o primeiro passo é buscar um veterinário para o check-up de rotina. Como existem doenças que se descobertas no estágio inicial tem mais chances de tratamento, aproveite as dicas abaixo:

Auxílio do dono: A velhice canina é momento em que o auxílio do dono é crucial para acalmar e dar a ele o máximo de dignidade e tranquilidade. 

Conforto: Mesmo na doença que o veterinário não pode curar, o papel do dono é importante para garantir um ambiente confortável para quem dedicou a vida como  companheiro.

Cegueira: Manter o ambiente sem mudanças diminui as chances de seu pet bater e se machucar, por que já está andando em local familiar. Alterar móveis de lugar é um pesadelo para o cachorro que já sofre para se achar.

Surdez parcial: Se o cão não escuta bem, o contato é um problema. Mas bater palmas pode chamar sua atenção para evitar encontros repentinos que o deixam apavorado por não perceber a chegada de alguém.

Surdez total: Se seu cachorro velhinho ficou totalmente surdo, passar perto dele pisando com mais força vai causar uma vibração no chão que pode ser sentida por ele.

Incontinência Urinária: Para evitar que o cão tenha problemas, leve-o para fazer suas necessidades antes de dormir. Deixe livre a passagem para ele se levantar e urinar, já que não vai conseguir “segurar”, ou use tapetes higiênicos, absorventes na caminha e fraldas caninas.

Voltar