Cães grandes também vivem em apartamentos

16/11/2016

Morar em apartamento pode ser um problema para quem tem cachorro de grande porte, mas, existem alguns cuidados que garantem o bem-estar do cão

Muita gente mora em apartamento e mesmo assim quer ter um cão que não seja pequenino. O Clube de Cãompo ensina que é possível ter boa qualidade de vida em espaços reduzidos. Para isso, perceba se as necessidades do cachorro são respeitadas e atendidas: ele tem acesso a atividades física, mental e social? Raças de grande porte têm muita energia e os mais agitados, mesmo filhotes, também precisam de mais exercícios!

Raças como Boxer e Golden Retriever se adaptam bem à vida em apartamentos, mas precisam da prática diária de exercícios. Quanto maior o espaço para ele se movimentar, melhor será para ele. No entanto, verifique se o piso não é muito liso, o pet pode desenvolver displasia, uma doença ortopédica comum nos cães grandões, já que eles forçam suas patas para se equilibrar.

Evite tapetes para ele não escorregar, e procure alternar os passeios com brincadeiras que garantam bastante gasto de energia. Dando preferência a locais próximos e arborizados, para evitar calor e desconforto, não se esqueça de garantir água fresca e recolher as fezes do animal.

Clube de Cãompo também traz uma ótima opção, que permite a rotina de passeios e brincadeiras, evitando o sedentarismo - condição que pode fazer os cães engordarem bastante. As práticas no Clube estimulam brincadeiras e promovem uma rotina regular de passeios e atividades de socialização, além de explorar os novos territórios para despertar o interesse do cão e evitar também a monotonia.

Voltar