Castração - seus mitos e verdades - Parte 1

05/10/2016

Entendendo as mentiras e verdades sobre a castração

Quando se ama um cãozinho, ser responsável pela saúde dele é imprescindível para se manter uma ótima relação com o melhor amigo do homem. Ao contrário do que muita gente pensa, a castração é um ato que contribui e muito para a saúde do animal.

Este assunto sempre gerou dúvidas nas pessoas e, muitos boatos foram criados e disseminados sobre a castração.

Entenda o que é mito e o que é verdade sobre o tema que divide opiniões até hoje:

O cachorro engorda ao ser castrado
MITO -  A castração não possui influência sobre o peso de um cachorro. O fato dele engordar ou se tornar obeso são consequências de uma alimentação inadequada, cuja ingestão de alimentos é excessiva e sem controle e, outro fator que contribui para o ganho de peso é a pouca prática de exercícios físicos e questões hormonais

O cão não fica mais fazendo xixi por todo canto
VERDADE –
Um ponto muito interessante é que a castração resolve algumas questões comportamentais dos cães, exemplificando, o cachorro demarcar território com urina é um ato estritamente comportamental. Ao castrar o cãozinho, essa necessidade de urinar por todo canto é reduzida e, em casos, eliminada, diminuindo assim o odor pela casa.

Castrar o animal é um ato cruel
MITO –
Muitos veem a castração com maus olhos, expressando um sentimento de dó e pena, acreditando que o cachorrinho vai sofrer durante o procedimento cirúrgico. Mas isso não passa de um mito, de um medo desnecessário. A castração realizada corretamente por profissionais, é feita com anestesia criada para o próprio cãozinho, são dados pontos cirúrgicos e o animal é medicado com anti-inflamatórios e analgésicos.

Para conferir mais mitos e verdades sobre a castração em cães, clique aqui e veja a parte 2!

Voltar