Entra em vigor a regra que vai ajudar na saúde do seu cão! (Parte 1)

17/09/2014

Começou a valer a resolução 1015/2012, do CFMV – Conselho Federal de Medicina Veterinária, e o Clube de Cãompo está atento a esta mudança. As novas diretrizes deixam mais claro o que caracteriza uma ambulância veterinária, consultório, clínica, unidade de transporte e remoção, entre outros.

 

Com essa regra, os donos de pets poderão compreender melhor o que encontrar em cada unidade de atendimento à saúde de seus cães. Confira as normas abaixo e verifique se o seu cão está sendo atendido por quem respeita estas definições:

Hospitais Veterinários: estabelecimentos que precisam ter a capacidade de "assegurar as instâncias médicas curativa e preventiva aos animais, com atendimento ao público em período integral (24 horas), com a presença permanente e sob a responsabilidade técnica de médico veterinário". Portanto, fique atento: se o local não tem atendimento 24h, não pode ser considerado um hospital!

Clínicas Veterinárias: “estabelecimentos destinados ao atendimento de animais para consultas e tratamentos clínico-cirúrgicos, podendo ou não ter internações, sob a responsabilidade técnica e presença de médico veterinário". Preste atenção: muitos locais podem se autodenominar clínica, mas oferecer apenas serviços de Pet Shop!

Clínicas Veterinárias Especializadas: "estabelecimentos destinados a prestar atendimento integral em uma especialidade de Medicina Veterinária". Se não houver este diferencial, a clínica não poderá ser chamada de "especializada",

Consultórios Veterinários: "estabelecimentos de propriedade de médico veterinário destinados ao ato básico de consulta clínica, curativos e vacináveis de animais". É muito importante saber: nestes locais é proibido realizar "procedimentos anestésicos e/ou cirúrgicos e internação". Se houver dúvida quanto ao consultório que você frequenta, certamente vale a pena entrar em contato com o CFMV.

CLIQUE AQUI para continuar!

Voltar