Excesso de cuidados

30/01/2015

A superproteção pode afetar (e muito) a vida do seu pet. Os especialistas em comportamento do Clube de Campo explicam porque

Quando se gosta de um pet, é comum cuidar dele com toda o zelo do mundo. Principalmente quando são filhotes, que parecem ser tão fofos e indefesos, os tutores redobram a atenção e ficam diversas vezes nervosos e até assustados com situações comuns no dia a dia. O Clube de Cãompo explica porque é importante tratar um cão como um animal de estimação e não um boneco de porcelana.

Confira a lista de coisas que você deve prestar atenção:

Saúde: depois da devida vacinação quando filhote, o animal pode e deve passear por aí, cheirar o solo e brincar na grama. A sujeira ajuda, de certa forma, para que o organismo do animal produza anticorpos;

Higiene: o excesso de banho pode irritar a pele do pet, deixando-a sensível e exposta a bactérias e outros organismos. O ideal é ter uma recomendação feita pelo médico veterinário, que normalmente está entre dois a quatro banhos por mês. Talcos, perfumes e outros itens de beleza também devem ser específicos para os pets e  precisam ser manipulados de maneira correta, para não causar alergias;

Roupas: mesmo quando não há frio, tutores insistem em colocar roupinhas nos cães, o que pode ocasionar até hipertermia em alguns casos, quando o corpo não consegue baixar a temperatura. Os sapatinhos também não são recomendados, pois os pets mudam de postura e sentem dificuldade em caminhar e correr. Use apenas em casos de chuva ou se o médico veterinário indicar.

Acessórios: passear com o cão em um carrinho (como os que são para bebês) não permite que eles explorem novos lugares, que façam suas necessidades e principalmente: evita que eles gastem as unhas, que é essencial para que não se machuquem ou arranhem seus tutores;

Alimentação: os cães necessitam de uma comida que ofereça vitaminas e minerais para que eles cresçam fortes e saudáveis, por isso é expressamente recomendado dar rações de qualidade à eles. Outros alimentos, principalmente os industrializados, só trazem muitos problemas à saúde dos pets, pois possuem promovem uma nutrição inadequada.

 

 

Voltar