Os segredos da CARINHA TRISTE

09/02/2018

O que você faz quando seu cão apronta? E quando ele faz alguma coisa muito errada? Confira informações importantes sobre o comportamento dos cães

 

Você briga com seu cachorro e dá aquela bronca? Ou só arruma tudo e não faz mais nada? Independente da resposta, se você é aquele dono que briga quando o cão apronta e depois morre de dó com a carinha de triste dele, saiba que muitas vezes essa reação é consequência da bronca.

É o que diz a pesquisa do departamento de psicologia da universidade de Barnard College, na tentativa de descobrir se o olhar de culpado que o cão faz quando se descobre uma travessura é realmente sincero. Descobriu-se que a carinha de triste não está ligada ao que ele fez, mas com a reação do dono.

Procurando emoções humanas no comportamento animal, como ciúme e culpa, foi realizado um experimento em que o dono mostrava um petisco para o cachorro, ordenava que ele não o comesse, e deixava a sala. Com o dono ausente, os pesquisadores retiravam a comida sem que os cães percebessem, ou deixavam que o animal a comesse. Em ambos os casos, quando levavam a bronca do dono que retornava mais tarde, agiam da mesma forma.

Por isso, arrastar-se para longe, baixar a cabeça e colocar o rabo entre as pernas, entre outras atitudes, aconteciam independentemente de o cachorro ter desobedecido ou não. Assim, mostrou-se que os cães domésticos aprenderam a reagir dessa forma. Os pesquisadores apenas não sabem dizer, ainda, se eles realmente sentem culpa ou não.

Voltar