Um novo amigo

08/11/2014

Adotar um bicho de estimação é cada vez mais frequente, seja por famílias ou por pessoas que vivem sozinhas. É fato que ter um pet em casa deixa tudo mais alegre e divertido, mas existem cuidados que devem ser pensados antes mesmo de trazê-lo para o novo lar.

Para começar, um planejamento eficiente deve ser elaborado pensando em solucionar questões como: onde o pet irá dormir, qual ração ele irá comer, quem levará para passear e quantas vezes por dia ele irá sair, e assim por diante. O impulso em presentear um ente querido com um cachorro, por exemplo, acaba com esta organização. Por isso, recomendo dialogar sobre esta decisão. Outro ponto importante é definir previamente os espaços que o pet poderá transitar livremente e os locais proibidos. É fundamental ter em mente que os cães aprendem através de associação por isso a rotina inicial será encarada como a correta. Se ele dormir no quarto na primeira semana, vai ficar confuso e protestar a respeito da mudança para o quintal, por exemplo.  

Uma vez que o cão já esteja em casa, é fundamental que ele aprenda alguns comandos básicos, assim como em qualquer matilha, ele necessitará de um líder. É nesta hora que o adestramento deve ser introduzido na rotina, principalmente quando o pet é ainda filhote e está iniciando as associações e a definição do seu comportamento. Procurar um profissional especializado para auxiliar no processo de aprendizagem é essencial, além da conscientização do tutor de que será ele quem irá ensinar ao cachorro.

A segurança também é muito importante para ser pensada: evitar aparelhos e objetos que possam machucar o pet, assim como observar o comportamento dele quando crianças pequenas estiverem presentes é essencial para ir adaptando o cão a rotina da família. Ele pode até não gostar de se socializar, mas nunca deve avançar ou latir sem parar para outras pessoas. Comportamentos assim levam a uma rotina de estresse tanto para o animal quanto para o dono.

Em momentos que o tutor ou a família não estiverem presentes, principalmente para não deixar o bicho de estimação sozinho por ser considerado perigoso e uma prática de maus tratos, é recomendável que o pet fique hospedado em um hotel especializado. Sendo assim, os cuidados para com o novo amigo são muitos e essenciais para que ele tenha uma vida feliz e saudável com a nova família.

Voltar