O que faz o cão morder o rabo

06/11/2015

Se o seu pet fica girando em torno da própria cauda, ele pode ter algum problema!

 

Esta imagem é famosa, especialmente por ser reproduzida em filmes e desenhos: quem nunca viu, mesmo que na tela da TV, um cachorrinho girando em torno de si mesmo sem parar? Embora um cão girando na tentativa de alcançar a cauda seja algo engraçado para muitos, esta ação pode ser consequência de diversos possíveis problemas. Confira uma lista de possíveis problemas – e dicas - preparada pelo Clube de Cãompo:

 

Pulgas, carrapatos ou vermes: verifique se a coceira do seu pet não é resultado da presença de parasitas. Cães com alergia a pulgas podem se coçar até provocar feridas!

 

Alergias: além dos insetos que podem ser maléficos, alguns cães podem ser alérgicos a determinadas flores, ácaros ou mofo. Vale verificar com o veterinário!

 

Feridas ou infecções de pele: alguns cães podem desenvolver feridas, especialmente em regiões úmidas e quentes (como as axilas).

 

Tédio ou estresse: se o seu cão fica muito tempo sozinho, sem passear e sem estímulo, pode passar a destruir coisas na casa e, inclusive, morder o próprio rabo. Caso o pet tenha recebido gritos do dono por fazer isso, ele pode encará-los como um estímulo, e aí a carência o fará repetir sempre.

 

Problemas nas glândulas anais: as glândulas dos pets ao redor do ânus são importantíssimas para sua vida social – não é à toa que eles cheiram esta região dos outros cães quando os conhecem. Mascotes que querem morder a base da cauda podem apresentar algum problema, assim como os pets que ficam esfregando a região no chão, pois muitas vezes pode ter relação com a presença de vermes ou algo mais sério. O que fazer? Veterinário já!

Voltar